Um levantamento da Braspag, empresa de autorização de pagamentos para comércio eletrônico, descobriu que o faturamento do varejo on-line no Brasil cresceu 46% em relação ao ano passado.

Para a empresa, o resultado surpreendeu e ficou bem acima da expectativa inicial do mercado, que era de 25% no crescimento. E os números poderão ser ainda maiores por conta do incremento das compras de Natal.

Os dados se referem à venda de bens de consumo pela internet. Segundo a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), o faturamento com a comercialização de produtos pelas lojas virtuais neste ano deve passar dos R$ 22 bilhões. O número de consumidores deve crescer dos 31,9 milhões registrados em 2011 para 43 milhões em 2021.

Ainda segundo a associação, 20% das empresas de comércio eletrônico são de micro e pequeno porte.

Fonte: folha.uol

Deixe um comentário